Estamparia Nova Friburgo

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Eduardo Kobra (pintura em 3D)

(Eduardo Kobra)
(Tintura 3D)


Eduardo Kobra é um expoente da neo-vanguarda paulista. Seu talento brota por volta de 1987 no bairro do Campo Limpo com o pixo e o graffiti, caros ao movimento Hip Hop, e se espalha pela cidade. Com os desdobramentos que a arte urbana ganhou em São Paulo, ele derivou – com o Studio Kobra criado nos anos 90 - para um muralismo original inspirado em alguns artistas, especialmente os pintores mexicanos e no design do norte americano Eric Grohe,  beneficiando-se das características de artista experimentador, bom desenhista e hábil pintor realista.
Nesse caminho  ele desenvolve o projeto “Muros da memória” que busca transformar a paisagem urbana através da arte e resgatar a memória da cidade. É síntese do seu modo peculiar de criar, através do qual pinta mais também adere, interfere e sobrepõe cenas e personagens das primeiras décadas do século xx. É uma junção de nostalgia e modernidade, por meio de pinturas cenográficas, algumas monumentais. Através delas cria portais para saudosos momentos da cidade. O maior destes murais mede 1000 m2 e foi realizado em 2009 na Avenida 23 de Maio em comemoração ao aniversário de  São Paulo.
Kobra desenvolve obras que misturam o traço do grafite rico em sombra, luz e brilho. O resultado são murais tridimensionais que permitem ao público interagir com a obra. A idéia é estabelecer uma comparação entre o ar romântico e o clima de nostalgia com a constante agitação característica dos grandes centros como é São Paulo hoje.
Paralelamente Kobra desenvolve sua produção pessoal com  exposições dentro e fora do Brasil.
Em dezembro participou do Salon National Des Beaux-Arts 2009”, exposição que acontece há 148 anos no Museu do Louvre em Paris e de pesquisas de materiais reciclados e novas tecnologias, como a pintura em 3D sobre pavimentos (muito difundida por nomes internacionais, como Julian Beever e Kurt Wenner).
A convite da Prefeitura de São Paulo, o artista realizou na praça patriarca a primeira pintura em 3D sob pavimento do Brasil. A técnica anamórfica  consiste em “enganar os olhos”, a pintura pode parecer distorcida em um certo ângulo, mas ao ver do ângulo correto, estipulado pelo artista ela se torna 3D apresentando uma incrível variação de profundidade e realismo .
Inquieto e irrefreável em suas buscas criativas, Kobra é hoje um fenômeno da arte  brasileira da neo-vanguarda que “já” não se permite  ignorar.

6 comentários:

  1. amei seu blog ,muito coll e jovial,parabens o meu fala sobre moda tambem ...bj

    ResponderExcluir
  2. muito legal seu post e seu blog.
    Gostei muito da pintura do artista!
    Parabens mesmo!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gostei muito do seu Blog, parabéns!
    Já estou te seguindo, e aproveitando para divulgar
    os meus sites...
    Abraços!
    Siga-me,
    Tem sorteio de Natal por lá!
    http://www.martas-bgfs.com
    http://www.brilhosgifs.com

    ResponderExcluir
  4. Vi a imagem antes de lê o texto, até pensei que a menina estava realmente "trepada" na xícara" hahaha, já havia visto pela tv alguns trabalhos dele, realmente é Show!!! parabens pelo blog, eu estou te seguindo e gostaria de te ver nomeu blog tambem, venha me visitar!!! www.usandoeaprendendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa realmente essa pintura 3D
    Na 23 de Maio ficou muito linda.

    Adorei seu blog, já te seguindo =)

    http://marifriend.blogspot.com

    ResponderExcluir